' ... há mais coisas entre o céu e a terra, do que supõe nossa vã filosofia ... '

Willian Shakespeare

ALCATRA Á 'DARK BIEER SAUCE' COM BATATAS CORADAS

" molho com sabor forte,  incorpado e  
maltado pela cerveja, contrasta com a sutileza e maciez das batatas coradas"



Ingredientes:
       
1,5 Kilo de Alcatra
0,5 Kilo de Batatas pequenas
02 Cebolas (cortadas) 
05 Dentes de Alho (cortados)
01 Cerveja Preta
150 Ml de Água
300 Gramas de Molho de Tomate
Pimenta do Reino
Sal
Ervas Finas
Orégano
Pimenta Calabresa


Preparo da Alcatra:

Faça furos na peça da Alcatra. Numa panela de pressão, coloque a Carne, a Água, a Cerveja Preta, a Cebola, o Alho, a Pimenta Calabresa, a Pimenta do Reino, o Molho de Tomate, as Ervas Finas e o Sal. Tape a panela e cozinhe por 30 minutos após levantar fervura, espere esfriar e teste a maciez da carne com um garfo, se necessário adicione mais água e cozinhe mais um pouco com a panela aberta, acerte o sal. Numa tábua de corte, faça fatias de meio centímetro.



Preparo das Batatas:
Cozinhe as batatas numa panela com água, até o ponto 'ao dente'. Escorra, deixe esfriar e descasque. Volte numa panela as batatas com o Molho que sobrou na panela de pressão, depois que você retirou a carne. Cozinhe as batatas nesse molho por mais 15 minutos ou quanto necessário para que as batatas estejam molinhas, coradas, mas firmes. 

Finalização:
Num prato, coloque o Arroz, sobre ele uma Uva Passa Branca, Fatias da Alcatra e sobre elas o molho que cozinhou as Batatas. Arrume as batatas delicadamente em fila.


Dica:
Utilize arroz branco, porém em vez de azeite, use três colheres do molho da  carne  pronta no lugar do Azeite para refogar a Cebola/Alho na hora de fazer o Arrroz, que irão garantir um sabor especial.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar . . .

UM HOMENAGEM MAIS QUE ESPECIAL . . .



Tento a cada dia evoluir . . . evoluir no respeito, na amizade, na educação, na sinceridade, na honestidade, no egoísmo, no conhecimento e até na sabedoria . . . é um longo e árduo caminho, mas é possível . . . é preciso uma base, um conteúdo e se torna mais fácil se durante o seu caminho, você tenha alguém que te chame de 'meu filho' . . . durante a sua jornada você caminha, você tropeça, você aprende, você evolui . . . claro que se torna mais fácil ainda se você tiver alguém que te ensine através do exemplo, alguém que mais do que falar . . . seja . . . e então já considerando um privilégio você chamar esse alguém de 'meu pai' . . . Meu pai . . . um exemplo . . . a quem eu dedico a minha vida . . . e espero que um dia Deus me permita ser uma sombra do que ele foi . . .

' . . . podem tirar tudo demim, mas jamais conseguirão tirar o meu trabalho . . .'

' . . . podem tirar tudo demim, mas jamais conseguirão tirar o meu trabalho . . .'
OSORIO DEGASPARI

INESQUECÍVEL PRA MIM . . .

Alguns momentos na minha vida se tornaram inesquecíveis. . . momentos que foram diferenciais do cotidiano ou simplemente marcantes pela intensidade e pela forma que aconteceram . . . meditei muito sobre cada um deles e posso dizer que passei a ter controle disso . . . é como um - 'enter' naquele ponto com uma ordem ! - 'grave no HD' e esses arquivos eu os organizo e revivencio de uma forma ordenada . . . é a possibilidade de trazer de novo aquele momento, aquela experiência como se estivesse alí agora com aquelas pessoas, aquela visão, paladar, audição e olfato . . .
Sentimentos não se colocam em papel . . . se não era para mim agora o é . . . talvez aí a dificudade de explicá-los !
Uma coisa eu tenho certeza . . . fizeram toda a diferença e de uma certa forma reescrevem a minha vida !


CAPE OF GOOD HOPE

CAPE OF GOOD HOPE
O ponto mais sudoeste do Continente Africano, o encontro dos Oceanos Atlântico e Índico. A brisa que o mar sopra alí com tamanha força, é diferente de tudo ao qual eu já havia sentido.

MONT BLANC

MONT BLANC
Dos livros, das histórias para a realidade . . . muito marcante pra mim . . . pois foi o meu primeiro caminho de entrada para a Itália

DE VOLTA AS RAÍZES . . .

DE VOLTA AS RAÍZES . . .
Depois de anos, enfim descobrir o ponto exato das minhas origens . . . foi respirar o ar da própria casa . . . (Sardagna/Trento/Itália)

ADORO O FRIO, MAS . . .

ADORO O FRIO, MAS . . .
O frio de Washington-DC é pra valer . . . um frio de doer na pele, de não conseguir ficar, marcou para mim como o meu caminho de volta USA-BRASIL . . . era vir literalmente do frio para o calor ou de incertezas para a realidade . . .

MEU PRIMEIRO NATAL LONGE DE ´CASA´ . . .

MEU PRIMEIRO NATAL LONGE DE ´CASA´ . . .
É no sofrimento que mais se evoluí . . . a certeza que se pode mudar o futuro, ao intocável passado . . .