' ... há mais coisas entre o céu e a terra, do que supõe nossa vã filosofia ... '

Willian Shakespeare

ENTRADAS E APERITIVOS

Couscous Marroquino


' Leve, suave, baixa caloria . . . perfeito ! '


Ingredientes:

       01 Xícara (Chá) de Couscous Marroquino
       01 Cenoura Média Ralada
       ½  Cebola Roxa (Picada)
       01 Xícara (Chá) de Tomate-Cereja
       01 Tablete de Caldo de Legumes
       01 Limão Siciliano
       01 Maça Picada
       03 Colheres (Sopa) Azeite Extra Virgem
       02 Colheres (Sopa) de Salsinha Picada
       02 Colheres (Sopa) de Hortelã Picada
       50 Gramas de Uva Passa Branca
       50 Gramas de Damasco Picado
       60 Gramas de Castanha de Cajú
       Canela em Pó
       Sal

       
Preparo:
Passe a Cebola Roxa picada numa água morna, escorra e reserve. Numa Panela coloque 1 e ½ Xícara (Chá) de Água para ferver junto com o Caldo de Legumes. Coloque o Couscous Marroquinho numa tigela e regue com a mistura quente Água-Caldo de Legumes, tampe com um prato, até que o Couscous absorva todo o Caldo, ele estará hidratado e cozido. Solte o Couscous com um garfo, espere esfriar e leve a geladeira. Esprema o Limão Siciliano e pique a Maça passando no Caldo do Limão para evitar que fique escura. Rale a casca de meio limão, junte a Cenoura Ralada, a Cebola Roxa Picada, os Tomates Cereja cortados ao meio,  as Uvas Passas, o Damasco Picado, as Castanhas de Cajú quebradas, a Salsinha e a Hortelã Picadas, o Couscous gelado, tempere com o Azeite, salpique a Canela em Pó, acerte o sal. 

Montagem:
Numa taça baixa, coloque o Couscous, decore com  uma fatia de Limão Siciliano e um Tomate Cereja cortado ao meio.


Dica:
Sirva de entrada no local de uma salada, este couscous fica muito leve e tem um sabor diferenciado,  pela combinação de temperos e especiarías. 





Salada Tropical



Ingredientes:

       01 Repolho Verde
       02 Maças Gala ou Fuji
       60 Gramas de Uva Passa Branca
       60 Gramas de Uva Passa Preta
       100 Gramas de Morango
       150 Gramas de Frango Desfiado
       01 Limão
       200 Gramas de Creme de Leite
       Pimenta Rosa
       Mostarda em Grão
       Sal
       
Preparo:
Passe o Repolho num ralador para que fique bem fino, corte o Morango em pedaços pequenos, descasque as Maças e corte em pedaços pequenos, passe-as no caldo do Limão para evitar que escureçam, acrescente as Uvas passas, o Frango Desfiado, o Creme de Leite e acerte o Sal. Misture tudo. 

Montagem:
Numa taça de Dry Martini, coloque a salada, salpique Pimenta rosa, enfeite com um Morango cortado em flor,  salpicando sobre ele os Grãos de Mostarda.



Dica:
É uma entrada suave e agradável,  combinando perfeitamente com uma massa ou carne. 



Manta de Mussarela


Ingredientes:

       01 Manta de Mussarela de Búfala
       150 Gramas de Presunto
       100 Gramas de Tomate Seco
       01 Rúcula
       Sal
       Pimenta Rosa
       
Preparo:
Estique a Manta de Mussarela de Búfala sobre uma superfície lisa, com papel absorvente enxugue toda a úmidade da Mussarela. Espalhe uma fina camada de Geléia de Pimenta sobre a Manta, cubra com as Fatias de Presunto, espalhe os Tomates Secos, cubra tudo com a Rúcula, tempere com Sal. Enrole a Manta como um rocambole, tomando o cuidado para que fique bem firme. Coloque para gelar por duas horas. Corte em fatias finas.

Montagem:
Numa louça, coloque Folhas de Rúcula, arrume sobre elas as Fatias da Manta, coloque um pouco de Geléia, Tomates Secos e salpique Pimenta Rosa.

Dica:
Muito saboroso, acompanhe com uma Crostáta.

Caponata Siciliana ao Requeijão

Ingredientes:

       01 Requeijão 'Catupiry' (Redondo)
       100 Ml de Azeite de Oliva 
       01 Colher de (Sopa) de Manteiga
       01 Cálice de Vinho Tinto Seco
       03 Berinjelas 
       02 Cebolas
       03 Tomates
       01 Pimentão Vermelho
       01 Pimentão Amarelo
       04 Dentes de Alho
       01 Limão
       01 Alface Roxa 
       70 Gramas de Azeitonas Pretas Picadas 
       70 Gramas de Azeitonas Verdes Picadas 
       100 Gramas de Uva Passa Preta 
       100 Gramas de Uva Passa Branca 
       Pimenta do Reino 
       Manjericão 
       Orégano
       Sal 
       01 Pimentaa Malagueta 
       Pimenta Rosa 
       Pão italiano em Fatias 

Preparo:

Cortar em cubos pequenos, cebola, tomate, beringela. Picar os dentes de  alho e os pimentões. Passe a beringela cortada no suco de limão para evitar que oxide. Em uma panela grande aqueça o Azeite com a Manteiga, refogue a Cebola com o Alho em seguida coloque o Tomate e deixe ferver. Acrescente a Beringela, sempre mexendo, em seguida os pimentões, as Azeitonas. Tempere com Orégano, Pimenta do Reino, Manjericão. Coloque o vinho, as uvas passas e acerte o sal, deixe em fogo baixo sempre mexendo até reduzir.

Montagem:
Coloque o Catupiry no centro de uma louça redonda, cubra com a Caponata com uma camada de mais ou menos 3 Centímetros, coloque em volta as folhas de Alface Roxa e sobre ela as fatias de Pão Italiano, decore com a Pimenta Malagueta, salpique Pimenta Rosa.

Dica:

Utilize espátulas para servir para que a Caponata venha acompanhada do Requeijão ao passá-la nas fatias de Pão Italiano. Um vinho Branco combina perfeitamente.


Damasco com Gorgonzola ao Caramelo



       Ingredientes:
       01 Kilo de Damasco
       400 Gramas de Gorgonzola
       500 Gramas de Ricota
       250 Gramas de Requeijão
       200 Gramas de Creme de Leite
       Pimenta do Reino
       400 Gramas de Doce de Leite
       02 Colheres (Sopa) de Gelatina sem sabor
       

Preparo:
Passe os Damascos em água fervente ou ferva por no máximo 5 minutos, até que fiquem macios, escorra e coloque em papel absorvente, reserve. Amasse o gorgonzola com um garfo, amasse também a Ricota, junte e misture os dois, acrescente o requeijão, o Creme de Leite e a pimenta do reino, misture até obter um patê. Abra os Damascos com uma faca ao meio, não cortando totalmente, recheie com o patê e feche-os. Leve o Doce de Leite ao fogo baixo, numa panela com a gelatina previamente dissolvida em água, mexa aos poucos, mas não deixe ferver. Mergulhe cada Damasco no Caramelo até a metade, cubrindo somente um dos lados, leve a geladeira para que o Caramelo seque.

Dica:
Mantenha o Caramelo em banho-maria, quando mais líquido, mais fácil para mergulhar os Damascos.




         Queijo Brie com Geléia de Frutas Vermelhas

       Ingredientes:
       500 Gramas de Morangos
       250 Gramas de Framboesas
       500 Gramas de Açúcar Refinado
       01 Queijo Brie
       
Preparo:
Coloque numa panela o Açúcar os Morangos e as Framboesas, deixe em fogo baixo e mexa de vez em quando até apurar e formar um geléia, reserve. Num recheaud coloque o queijo e ligue o aquecimento, assim que o Queijo Brie amornar, derrame sobre ele a geléia quase cubrindo-o, mantenha o Recheaud aquecido.


Dica: Perfeito com um vinho frutado.


Substitua . . .
Morangos e Framboesas, por Amoras, Cerejas ou Groselhas.

6 comentários:

  1. Que delicias essas receitas, são muito boas para se receber um amigo e entradas... Gostei muito, seu blog está de parabéns, receitas muitos boas e legais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço a sua visita ao meu espaço . . . realmente estas receitas simples, mas de personalidade são ótimas para receber amigos . . . os comentários são muito importantes para eu possa sempre aprimorar mais.

      Abraço

      Excluir
  2. Adorei seu blog, as receitas são bárbaras vou experimentar. Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço a sua visita e me coloco a disposição para qualquer dúvida.
      Abraço

      Excluir
  3. Raquel Guimarães29 de julho de 2012 18:09

    Sou colega da Renata e ela sabe que vou fazer aniversário também em agosto, pensei em fazer este seu Couscous Marroquino de entrada ,acho que vai ficar legal. Depois conto como ficou, só que colocarei em cumbuquinhas de barro. Posso servir frio? Será em uma Pousada na praia no Ceará.
    Um abraço ,
    Raquel Guimarães

    ResponderExcluir
  4. Agradeço a sua visita ao Blog. . . o Couscous Marroquino fica perfeito para ser servido frio, é uma entrada leve e muito gostosa . . . servir em utensílio de barro, acho que harmoniza com o ambiente que você descreveu . . . boa sorte e depois conta como ficou . . . muito legal compartilhar resultados.
    Abraço

    ResponderExcluir

Obrigado por participar . . .

UM HOMENAGEM MAIS QUE ESPECIAL . . .



Tento a cada dia evoluir . . . evoluir no respeito, na amizade, na educação, na sinceridade, na honestidade, no egoísmo, no conhecimento e até na sabedoria . . . é um longo e árduo caminho, mas é possível . . . é preciso uma base, um conteúdo e se torna mais fácil se durante o seu caminho, você tenha alguém que te chame de 'meu filho' . . . durante a sua jornada você caminha, você tropeça, você aprende, você evolui . . . claro que se torna mais fácil ainda se você tiver alguém que te ensine através do exemplo, alguém que mais do que falar . . . seja . . . e então já considerando um privilégio você chamar esse alguém de 'meu pai' . . . Meu pai . . . um exemplo . . . a quem eu dedico a minha vida . . . e espero que um dia Deus me permita ser uma sombra do que ele foi . . .

' . . . podem tirar tudo demim, mas jamais conseguirão tirar o meu trabalho . . .'

' . . . podem tirar tudo demim, mas jamais conseguirão tirar o meu trabalho . . .'
OSORIO DEGASPARI

INESQUECÍVEL PRA MIM . . .

Alguns momentos na minha vida se tornaram inesquecíveis. . . momentos que foram diferenciais do cotidiano ou simplemente marcantes pela intensidade e pela forma que aconteceram . . . meditei muito sobre cada um deles e posso dizer que passei a ter controle disso . . . é como um - 'enter' naquele ponto com uma ordem ! - 'grave no HD' e esses arquivos eu os organizo e revivencio de uma forma ordenada . . . é a possibilidade de trazer de novo aquele momento, aquela experiência como se estivesse alí agora com aquelas pessoas, aquela visão, paladar, audição e olfato . . .
Sentimentos não se colocam em papel . . . se não era para mim agora o é . . . talvez aí a dificudade de explicá-los !
Uma coisa eu tenho certeza . . . fizeram toda a diferença e de uma certa forma reescrevem a minha vida !


CAPE OF GOOD HOPE

CAPE OF GOOD HOPE
O ponto mais sudoeste do Continente Africano, o encontro dos Oceanos Atlântico e Índico. A brisa que o mar sopra alí com tamanha força, é diferente de tudo ao qual eu já havia sentido.

MONT BLANC

MONT BLANC
Dos livros, das histórias para a realidade . . . muito marcante pra mim . . . pois foi o meu primeiro caminho de entrada para a Itália

DE VOLTA AS RAÍZES . . .

DE VOLTA AS RAÍZES . . .
Depois de anos, enfim descobrir o ponto exato das minhas origens . . . foi respirar o ar da própria casa . . . (Sardagna/Trento/Itália)

ADORO O FRIO, MAS . . .

ADORO O FRIO, MAS . . .
O frio de Washington-DC é pra valer . . . um frio de doer na pele, de não conseguir ficar, marcou para mim como o meu caminho de volta USA-BRASIL . . . era vir literalmente do frio para o calor ou de incertezas para a realidade . . .

MEU PRIMEIRO NATAL LONGE DE ´CASA´ . . .

MEU PRIMEIRO NATAL LONGE DE ´CASA´ . . .
É no sofrimento que mais se evoluí . . . a certeza que se pode mudar o futuro, ao intocável passado . . .