' ... há mais coisas entre o céu e a terra, do que supõe nossa vã filosofia ... '

Willian Shakespeare

TORTINHA DE MORANGO & GENGIBRE



" Quando um semi-cítrico se alia a um 

picante apimentado, o resultado só poderia 
dar nisso . . . um exagero de sabor ! "



Ingredientes para a Massa:
120 Gramas de Manteiga sem Sal
01 Xícara (Chá) de Amêndoas Trituradas (Farinha)
03 Colheres (Sopa) de Açúcar
01 Xícara (Chá) de Farinha de Trigo

Ingredientes para o Creme Pâtissière:
01 Fava de Baunilha
30 Gramas de Amido de Milho
80 Gramas de Açúcar
400 Ml de Leite Integral
04 Gemas
35 Gramas de Manteiga
01 Gengibre    

Ingredientes para Finalização:
Glaçúcar

  

Preparo da Massa:

Em uma vasilha coloque a Farinha de Trigo, a Farinha de Amêndoas, o Açúcar e a Manteiga, trabalhe a massa com as pontas dos dedos, até obter uma massa homogênea. Divida em 10 partes iguais e cubra cada forma pequena de torta, ajeitando a massa de modo que fique fina e uniforme. Asse por 10 á 15 minutos em temperatura média ou até que ganhe cor e fique crocante. 

Preparo do Creme Pâtissière:
Abra as Favas de Baunilha ao meio e raspe os grãos, reserve. Rale o Gengibre, aperte o Gengibre ralado sobre uma peneira fina para apurar 03 Colheres (Sopa) de Suco, reserve. Numa panela de fundo grosso, coloque a Maisena, metade do Açúcar e 350 Ml do Leite  mexendo sem parar em fogo médio.  Adicione os grãos das Favas de Baunilha e deixe ferver, mexendo sempre. Tire do fogo, reserve, mexendo de vez em quando para não formar película.
Numa tigela grande, bata as Gemas por 3 minutos em velocidade média com o restante do açúcar e regando com os 50 Ml de Leite restantes, sempre batendo, despeje esta mistura na panela, volte ao fogo e deixe cozinhar sem parar de mexer. Quando ferver retire do fogo, retire as favas de baunilha, despeje o creme numa tigela, mergulhe num recipiente com gelo e continue mexendo. Quando estiver morno (50C), incorpore a manteiga, batendo por mais 5 minutos. Em seguida adicione o suco do Gengibre para aromatizar e mexa até incorporar totalmente.

Montagem e Finalização:
Coloque o Creme na massa da mini torta até nivelar com a borda, lave os Morangos, segue em papel absorvente. Corte ao meio e cada pedaço ao meio novamente. Arrume os Morangos sobre o creme de forma ordenada. Polvilhe Glaçúcar sobre a Torta. Leve para gelar por 3 horas.


Dica:
Passar os Morangos lavados no suco de limão, antes de cortá-los, evita a oxidação e mantém a cor 'viva' por mais tempo.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Não apareceu para mim quem comentou . . . mas de qualquer forma, muito obrigado !

      Excluir

Obrigado por participar . . .

UM HOMENAGEM MAIS QUE ESPECIAL . . .



Tento a cada dia evoluir . . . evoluir no respeito, na amizade, na educação, na sinceridade, na honestidade, no egoísmo, no conhecimento e até na sabedoria . . . é um longo e árduo caminho, mas é possível . . . é preciso uma base, um conteúdo e se torna mais fácil se durante o seu caminho, você tenha alguém que te chame de 'meu filho' . . . durante a sua jornada você caminha, você tropeça, você aprende, você evolui . . . claro que se torna mais fácil ainda se você tiver alguém que te ensine através do exemplo, alguém que mais do que falar . . . seja . . . e então já considerando um privilégio você chamar esse alguém de 'meu pai' . . . Meu pai . . . um exemplo . . . a quem eu dedico a minha vida . . . e espero que um dia Deus me permita ser uma sombra do que ele foi . . .

' . . . podem tirar tudo demim, mas jamais conseguirão tirar o meu trabalho . . .'

' . . . podem tirar tudo demim, mas jamais conseguirão tirar o meu trabalho . . .'
OSORIO DEGASPARI

INESQUECÍVEL PRA MIM . . .

Alguns momentos na minha vida se tornaram inesquecíveis. . . momentos que foram diferenciais do cotidiano ou simplemente marcantes pela intensidade e pela forma que aconteceram . . . meditei muito sobre cada um deles e posso dizer que passei a ter controle disso . . . é como um - 'enter' naquele ponto com uma ordem ! - 'grave no HD' e esses arquivos eu os organizo e revivencio de uma forma ordenada . . . é a possibilidade de trazer de novo aquele momento, aquela experiência como se estivesse alí agora com aquelas pessoas, aquela visão, paladar, audição e olfato . . .
Sentimentos não se colocam em papel . . . se não era para mim agora o é . . . talvez aí a dificudade de explicá-los !
Uma coisa eu tenho certeza . . . fizeram toda a diferença e de uma certa forma reescrevem a minha vida !


CAPE OF GOOD HOPE

CAPE OF GOOD HOPE
O ponto mais sudoeste do Continente Africano, o encontro dos Oceanos Atlântico e Índico. A brisa que o mar sopra alí com tamanha força, é diferente de tudo ao qual eu já havia sentido.

MONT BLANC

MONT BLANC
Dos livros, das histórias para a realidade . . . muito marcante pra mim . . . pois foi o meu primeiro caminho de entrada para a Itália

DE VOLTA AS RAÍZES . . .

DE VOLTA AS RAÍZES . . .
Depois de anos, enfim descobrir o ponto exato das minhas origens . . . foi respirar o ar da própria casa . . . (Sardagna/Trento/Itália)

ADORO O FRIO, MAS . . .

ADORO O FRIO, MAS . . .
O frio de Washington-DC é pra valer . . . um frio de doer na pele, de não conseguir ficar, marcou para mim como o meu caminho de volta USA-BRASIL . . . era vir literalmente do frio para o calor ou de incertezas para a realidade . . .

MEU PRIMEIRO NATAL LONGE DE ´CASA´ . . .

MEU PRIMEIRO NATAL LONGE DE ´CASA´ . . .
É no sofrimento que mais se evoluí . . . a certeza que se pode mudar o futuro, ao intocável passado . . .